Jucurutu/RN, 18 de abril de 2019


Arquivo Mês: agosto 2018

Pagamento vai até o dia 10 de setembro e corresponde a 50% do valor da aposentadoria.

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) começa a pagar nesta segunda-feira (27) a primeira parcela do 13º salário dos aposentados, que será de 50% do valor do benefício. Ao todo, serão 30 milhões de pagamentos.

Os depósitos serão feitos até 10 de setembro, junto com a folha mensal de pagamentos do INSS.
Já segunda parcela do 13º será paga junto com os benefícios de novembro e corresponderá à diferença entre o valor total do abono anual e o valor da parcela antecipada.
Segundo o governo, o dinheiro da primeira parcela deverá injetar R$ 21 bilhões na economia nos meses de agosto e setembro. No ano passado, o valor da 1ª parcela também foi pago em agosto.
Quem tem direito

Tem direito ao 13º quem, ao longo do ano, recebeu benefícios previdenciários como aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente, auxílio-reclusão ou salário-maternidade.
Aposentados e pensionistas, em sua maioria, receberão 50% do valor do benefício. A exceção é para quem passou a receber o benefício depois de janeiro de 2018. Nesse caso, o valor será calculado proporcionalmente.
Já para quem recebe auxílio-doença e salário-maternidade, o valor do 13º será proporcional ao período recebido.
Como esse benefício é temporário, o INSS calcula a antecipação proporcional ao período. Por exemplo, um benefício iniciado em janeiro e ainda em vigor em agosto terá o 13º terceiro salário calculado sobre oito meses. O segurado receberá, portanto, metade desse valor.
Em dezembro, caso ainda esteja afastado, o segurado irá receber o restante. Se tiver alta antes, o valor será calculado até o mês em que o benefício vigorar e acrescido ao último pagamento do benefício, segundo o Ministério da Fazenda.
Aqueles que recebem benefícios assistenciais (Benefício de Prestação Continuada da Lei Orgânica da Assistência Social – BPC/LOAS e Renda Mensal Vitalícia – RMV) não têm direito ao abono anual.
Imposto de renda

Não haverá desconto de Imposto de Renda (IR) na primeira parcela. De acordo com a legislação, o IR sobre o 13º somente é cobrado somente na segunda parcela, que é paga em novembro e dezembro.

Calendário

O pagamento da 1ª parcela começará a ser depositado seguindo o calendário de pagamentos dos benefícios previdenciários do mês de agosto, para os segurados que recebem até um salário mínimo e possuem cartão com final 1, desconsiderando-se o dígito. Quem ganha acima do mínimo começa a receber a partir de setembro.
O depósito será realizado na folha mensal de pagamentos do INSS, entre os dias 27 de agosto e 10 de setembro.

Extrato

O extrato mensal de pagamento estará disponível para consulta no site Meu INSSe nos terminais de autoatendimento da rede bancária juntamente com o extrato de pagamento de benefícios da folha de agosto.
Histórico

Em 2017, foram contemplados 29,4 milhões de beneficiários na primeira parcela, o que representou uma injeção extra na economia de pelo menos R$ 19,8 bilhões nos meses de agosto e setembro.
Em 2016, mais de 28 milhões de segurados da Previdência Social receberam o adiantamento do 13º a partir do dia 25 de agosto.
Desde 2006, o governo antecipa a primeira parcela do 13º salário dos aposentados e pensionistas na folha de agosto.
Em 2015, porém, em meio ao ritmo fraco da economia e a consequente queda da arrecadação, o governo, ainda sob o comando da presidente afastada Dilma Rousseff, só fez o pagamento da primeira parcela em setembro.

Moradora da comunidade Serra João do Vale faz desabafo nas redes sócias reivindicando água, no relato a internauta diz que os moradores estão sendo privados do bem mais preciso a vida “água” sendo assim várias pessoas que residem na comunidade tem que comprar água pro seu consumo. Sendo que várias delas não tem condições financeiras.

Agora nisso fica uma pergunta?

Não estava tudo bem, não vinha sendo providenciado tudo que os moradores necessitam, pelo relato parece que não.

Candidata ao governo do RN se reuniu com lideranças religiosas em Mossoró quinta-feira (23).

A candidata do Partido dos Trabalhadores Fátima Bezerra cumpriu toda a agenda de atividades em Mossoró nesta quinta-feira (23). À tarde, a candidata ao Governo do Estado se reuniu com lideranças religiosas para entregar o seu plano de governo.

Uma das propostas do plano da candidata da coligação Do Lado Certo é o combate à violência no Rio Grande do Norte.

“É uma das principais prioridades do nosso programa de governo. Nós temos um conjunto de medidas para reduzir os índices de criminalidade e de violência que assolam o nosso estado, que passam por policiamento, investigação eficiente, produção de dados, investimentos em inteligência, a reestruturação do sistema penitenciário e as políticas de prevenção, investimentos nas políticas sociais”, declarou.

Via G1/RN

Carlos Eduardo (PDT) passou a parte reunido com a equipe de campanha nesta quinta (23).

O candidato Carlos Eduardo (PDT), da coligação 100% RN, gravou o programa eleitoral pela manhã desta quinta-feira (23) e à tarde se reuniu com lideranças políticas e coordenadores de campanha.
Na sede do PDT em Natal, Carlos Eduardo passou parte da tarde reunido com a equipe de campanha. Junto com os assessores políticos, ele decidiu as cidades a serem visitadas nos próximos dias e de quais eventos vai participar. Nesta sexta (24) e no sábado (25) Carlos Eduardo pretende estar nas regiões do Mato Grande e Oeste.
“Nós temos pouco tempo de campanha, são 167 municípios e o candidato precisa levar suas propostas para o Rio Grande do Norte. Agora eu preciso me tornar mais conhecido no interior, e é isso que nós vamos intensificar: a campanha mais no interior, lógico, sem abandonar, jamais, a cidade de Natal. Mas ir no interior, aonde ainda sou muito desconhecido”, declarou.

Via G1/RN

Na quarta, Ministério da Saúde informou que 5 milhões de crianças ainda não foram imunizadas contra estas doenças.

A Campanha Nacional contra a Poliomielite e o Sarampo acaba em uma semana, no dia 31 de agosto. O Ministério da Saúdepede que os pais levem seus filhos de 1 até 5 anos até a unidade de saúde mais próxima para se proteger contra essas doenças. As vacinas são de graça e estão disponíveis pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Em um balanço divulgado na última quarta-feira (22), 5 milhões de crianças ainda não tinham sido imunizadas no país. Essa última atualização feita pelos estados mostra que 56% crianças de todo o país estão protegidas – a meta é atingir pelo menos 95%.

A campanha tem por objetivos:

  • Vacinar quem nunca tomou a vacina;
  • Completar todo o esquema de vacinação de quem não tomou todas as vacinas;
  • Dar uma dose de reforço para quem já se vacinou completamente (ou seja, tomou todas as doses necessárias à proteção).

Esse tipo de campanha que inclui o reforço da dose, informa o Ministério da Saúde, acontece de quatro em quatro anos e já estava prevista no orçamento da pasta. Esse ano, no entanto, a campanha é ainda mais importante dada à volta da circulação do sarampo no território brasileiro e a ameaça da poliomielite.

Todas as crianças com idade entre 1 e 5 anos precisam comparecer a uma das unidades para se prevenir contra o sarampo e evitar que os dois surtos no Amazonas e em Roraima se espalhem para outros estados. Já em relação à paralisia infantil, trata-se de uma precaução, já que312 cidades estão abaixo da meta preconizada para o controle da doença e um caso foi registrado na Venezuela em junho. Não há, contudo, casos de paralisia infantil no Brasil.

Casos de sarampo

Brasil teve 1.428 casos confirmados de sarampo em 2018. Os estados do Amazonas e Roraima apresentam surtos da doença, com 1.087 e 300 casos, respectivamente. Os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, Pernambuco e Pará também apresentaram registros da doença.

Casos de sarampo no Brasil até 21 de agosto

ESTADO CASOS CONFIRMADOS
AMAZONAS 1.087
RORAIMA 300
SÃO PAULO 2
RIO DE JANEIRO 18
RIO GRANDE DO SUL 16
RONDÔNIA 1
PERNAMBUCO 2
PARÁ 2

Adultos também podem se vacinar

A campanha atualmente tem como público-alvo as crianças. O Ministério da Saúde, no entanto, disponibiliza duas doses para os indivíduos entre 12 meses e 29 anos, que ficam à disposição o ano inteiro no Sistema Único de Saúde independente da força-tarefa atual para a vacianação.

Na rede pública, também é possível a vacinação gratuita até os 49 anos (nesse caso, uma dose é administrada). O governo recomenda que os adultos vão até as unidades de saúde após o fim da campanha deste ano direcionada às crianças, no dia 31 de agosto, para garantir uma dose e não sobrecarregar os postos.

“Os indivíduos acima de 50 anos provavelmente já pegaram a doença e já estariam imunizados pelas altas taxas de vacinação nos mais jovens. Mas nada impede que procurem a vacina individualmente”, afirma Isabela.

Quem não pode tomar a vacina?

Gestantes, casos suspeitos de sarampo, crianças menores de seis meses de idade e pessoas imunocomprometidas (com doenças que abalam fortemente o sistema imune).

A vacina é segura?

Sim, afirmam o Ministério da Saúde e a SBim (Sociedade Brasileira de Imunizações). Ela é feita de vírus atenuado (enfraquecido) e em décadas de imunização no mundo inteiro, apenas casos de alergia a produtos do leite contidos na vacina foram reportados.

Hoje, no entanto, há vacinas sem traços de lactoalbumina (proteína do leite da vaca).

Não lembro se tomei a vacina. Devo tomar?

“No sinal de qualquer dúvida sobre se tomou a vacina ou não, ou se teve a doença no passado, vale tomar a vacina. Na pior das hipóteses, a pessoa vai se imunizar à toa” — Isabela Ballalai (Sociedade Brasileira de Imunizações).

Via G1

Ministério Público instaurou inquérito civil contra o presidente da Assembléia Legislativa do Rio Grande do Norte e deputado estadual Ezequiel Ferreira, do PSDB, para investigar supostas irregularidades de gastos com combustíveis entre os anos de 2015 a 2018.

O promotor de Justiça Marcio Cardoso Santos também mandou abrir inquérito civil contra os deputados Ricardo Motta (PSB), kelps Lima (SOLIDARIEDADE) e Carlos Augusto Maia (PCdoB), durante o mesmo período para apurar a suposta farra com combustível dos parlamentares.  VEJA AQUI

Via  Blog do VT

Moradores da rua Otávio Lamartine reclamam do lixo que se acumula na rua fazem protesto nas redes sociais com a situação que a rua se encontra.

Problema esse que já vem assolando a bastante tempo o nosso município.

Moradores da comunidade Boi Selado em Jucurutu flagaram mau uso de um veículo destinado exclusivamente para transportar gêneros alimentícios da agricultura familiar , o carro chegou a comunidade com combustível para abastecer um trator . Acompanhe nas imagens abaixo o descaso do poder público.

 

A vereadora Da Guia Cruz que votou e deu apoio a campanha eleitoral do atual prefeito de Jucurutu, usou as redes sociais nesta quinta-feira (16), para mostrar ruas com lixo e entulhos, e chamar a atenção do gestor para a realização da limpeza urbana.

“Jucurutu hoje está assim”, disse a vereadora no início de sua publicação mostrando fotos em que aparecem lixo e entulhos nas ruas do centro da cidade. Da Guia classificou a situação que viu como descaso. “Saí de casa cedo para ir ao banco, vejam descaso: lixo por toda parte”.

Da Guia disse ainda que foi até a prefeitura pedir providências na limpeza, mas ficou surpresa pois nas proximidades do gabinete também tinha lixo. “Então fui até a prefeitura para pedir previdências e para minha surpresa, veja como está: mais lixo. Acorda Prefeito”.

Via Danilo Evaristo

 

Blog Jair Sampaio – A posse de Marcos do Manhoso como novo prefeito de Caicó fortalece as candidaturas de João Maia (deputado federal) e Nélter Queiroz (deputado estadual).

Apesar de o PP ter candidato próprio e vai para a reeleição na Câmara Federal com Beto Rosado, Marcos prefere um nome do Seridó e optou por defender João Maia.

Em se tratando da corrida ao legislativo estadual, Marcos do Manhoso tem laços estreitos com o deputado Nélter Queiroz, o qual já defendeu em outras campanhas.

Assim, saem fortalecidos João e Nélter, já que Caicó tem um dos maiores colégios eleitorais do RN.

Uma operação do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) prendeu nesta terça-feira (14) o prefeito de Caicó, Batata, o vereador da cidade Lobão e ainda um lobista suspeitos de corrupção ativa e passiva, associação criminosa, tráfico de influência, lavagem de dinheiro e dispensa indevida de licitação.

A operação Tubérculo cumpriu três mandados de prisão, e outros seis mandados de busca e apreensão na cidade seridoense e em Natal. Além de presos preventivamente, o prefeito Robson de Araújo e o vereador Raimundo Inácio Filho foram afastados dos cargos. O lobista Edvaldo Pessoa de Farias teve prisão temporária decretada.

A operação Tubérculo é desdobramento das operações Cidade Luz e Blackout. Ao todo, 12 promotores de Justiça, 22 servidores do MPRN e 28 policiais militares participaram da operação Tubérculo. Os gabinetes do prefeito e do vereador foram alvos dos mandados de busca e apreensão.

Via G1/RN

Cargueiro estava a 15 quilômetros da entrada do Porto de Santos. Policiais federais, militares da Marinha e equipes da Receita Federal encontraram 1,3 tonelada de cocaína a bordo.

Homens armados invadiram o navio ‘Grande Francia’, de bandeira italiana, a 15 quilômetros do acesso ao Porto de Santos, no litoral de São Paulo. Tripulantes estrangeiros foram rendidos, e o comandante pediu socorro via rádio. A bordo, estava 1,3 tonelada de cocaína, informou a Polícia Federal nesta segunda-feira (13).
A invasão ocorreu no domingo (12), enquanto o navio, da armadora Grimaldi, estava no Fundeadouro 4. Trata-se de uma área, na Barra de Santos, onde os cargueiros aguardam ancorados a liberação para acessar o cais e atracar em um terminal.
Pelo menos quatro homens com armas em punho conseguiram subir ao convés (cobertura superior) do navio. A suspeita é que eles tenham utilizado uma corda com um gancho, que foi lançada e ficou presa a uma das grades das aberturas localizadas na área frontal (proa).

Diferentemente da maioria dos navios, as laterais do ‘Grande Francia’ são seladas, uma vez que a embarcação (do tipo Ro-ro) é destinada ao transporte de veículos. Entretanto, esse cargueiro também movimenta contêineres, que foram os alvos dos criminosos.
O embarque do grupo ao navio foi flagrado depois das 2h por parte da tripulação, que estava acordada e se refugiou no passadiço (sala de comando e controle). Os marinheiros perceberam que o bando se movimentava com armas em punho e avisaram o capitão.

“Imediatamente quando percebeu a situação, o comandante disparou o alarme de pânico e trancou o passadiço. O aviso serviu de alerta para os demais tripulantes também se trancarem onde estavam”, explicou a delegada da Polícia Federal, Luciana Fuschini.

A tripulação, refugiada em diversos compartimentos a bordo, pediu socorro enquanto a invasão ocorria. O capitão solicitou, em canal aberto de rádio, ajuda às autoridades brasileiras, e alertou os oficiais das demais embarcações no entorno sobre o que estava acontecendo.
Segundo informações da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), pelo menos 60 navios estavam nos fundeadouros do porto, que possui 100 quilômetros quadrados de área. Nenhum outro solicitou apoio ou reportou eventual invasão naquele momento.
A equipe da Praticagem de São Paulo atendeu ao chamado de socorro do capitão do ‘Grande Francia’ e acionou o Núcleo Marítimo da Polícia Federal (Nepom). Militares do recém-ativado Grupamento de Patrulha Naval Sul-Sudeste, da Marinha, também foram mobilizados.

Entretanto, a agitação marítima impediu a operação ofensiva. Ondas de mais de 2,5 metros, segundo dados do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (Cptec), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), foram registradas durante madrugada na região.
“Ficamos de prontidão e nos comunicando com o capitão via telefone e rádio a todo o momento. Eles estavam assustados, mas todos da tripulação estavam em locais seguros e não havia ninguém machucado”, informou a delegada responsável pelo caso.
O G1 apurou que a ação criminosa, inédita na história recente do Porto de Santos, durou, aproximadamente, duas horas. Os criminosos fugiram da mesma maneira que chegaram ao navio: em uma embarcação rápida de alumínio, de cinco metros de comprimento.

No amanhecer e ciente de que não havia mais nenhum clandestino a bordo, o capitão informou às autoridades brasileiras que havia localizado dois contêineres abertos e revirados. Até então, não se sabia se tinha sido uma ação de roubo ou tentativa de contrabando.
O navio estava sem previsão para atracar no Porto de Santos, mas foi autorizado para entrar no cais às 16h. Ele foi escoltado por militares no Aviso-Patrulha ‘Barracuda’ até o cais do Saboó, na Margem Direita, onde foi vistoriado pela Polícia Federal e pela Receita Federal.

“Verificamos, na verdade, que os contêineres abertos e revirados eram uma distração para todos. Em outros dois contêineres, encontramos 41 bolsas pretas, algumas ainda molhadas [pelas ondas ou chuva], que estavam com mais de 1,2 mil tabletes de cocaína”, conta Luciana.

As autoridades não sabem informar, ainda, se todas as bolsas localizadas foram içadas a bordo na ocasião da invasão. Toda a droga foi descarregada e o navio foi retido. Ao final da contagem, na madrugada de segunda-feira, foram contabilizados 1.322 kg de cocaína apreendida.
Na terça-feira (7), câmeras flagraram quando narcotraficantes içaram 1,2 tonelada de cocaína ao navio ‘Grande Nigéria’, durante a madrugada. Trata-se também de uma embarcação da Grimaldi, e que estava no mesmo terminal para o qual o ‘Grande Francia’ foi destinado.
“Ainda é cedo para afirmamos, mas é certo que os casos podem estar ligados e ser a mesma quadrilha atuando. Eles tentaram despistar a ação da polícia levando a droga até o mar, mas conseguimos localizar e apreender, mais uma vez”, fala a delegada da Polícia Federal.

Nas duas ocorrências, ninguém foi preso. Um inquérito também foi aberto para apurar a identidade dos envolvidos, cujo paradeiro era desconhecido até a manhã desta segunda-feira. A cocaína, se não fosse interceptada, tinha como destino o Porto de Antuérpia, na Bélgica.
O ‘Grande Francia’ foi construído em 2002, tem 214 metros de comprimento, 32 de largura (boca) e faz escalas rotineiras em portos da América Latina, Europa e África. Segundo a Codesp, ele movimenta, em Santos, 200 toneladas, entre embarques e desembarques.
Ao longo de todo o domingo, o G1 tentou contato com a agência que representa a armadora no Porto de Santos, mas ninguém atendeu aos telefonemas. Segundo a Alfândega da Receita Federal, até esta segunda-feira, foram interceptados no cais 13,6 toneladas de cocaína.

São ofertadas 1.000 vagas, sendo 938 para candidatos do sexo masculino e 62 para o sexo feminino. Provas acontecem em setembro.

As inscrições para o concurso público da Polícia Militar do Rio Grande do Norte terminam na segunda-feira (13). Ao todo, são 1.000 vagas para o quadro de praças da corporação. O candidato deve se inscrever pela internet, no site www.ibade.org.br. A inscrição só é confirmada após o pagamento da taxa, que custa R$ 100.

O concurso, regido pelo Edital Nº 003/2018 – SEARH/PMRN, oferece 938 vagas para candidatos do sexo masculino e 62 para o sexo feminino. Ao todo, o certame possui sete etapas. São elas:

  • Primeira etapa: prova objetiva e redação.
  • Segunda etapa: exame de saúde
  • Terceira etapa: teste de aptidão física (TAF)
  • Quarta etapa: avaliação psicológica
  • Quinta etapa: investigação social
  • Sexta etapa: avaliação de títulos
  • Sétima etapa: curso de formação

A primeira etapa será realizada no dia 23 de setembro de 2018, nas cidades de Natal, Mossoró e Caicó, conforme escolha do candidato no momento da inscrição.

O cronograma previsto e o edital estão disponíveis no site da instituição organizadora do certame: Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo – IBADE.

Via G1/RN

A respeito da notícia sobre a reforma da decisão da Justiça potiguar referente ao processo movido pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), e por dever de compromisso com o povo de nosso Estado, esclareço que:

1)Recebi com surpresa a notícia hoje, pela mídia, já que o Juiz, na 1ª instância, havia negado o pedido em liminar do MPRN – o que deixou claro que a acusação contra mim é absurda –, e por que tenho consciência de que não fiz nada que justificasse isso;

2)Não fui beneficiário de um único centavo, sequer, de maneira ilícita, e também não fui partícipe de qualquer ilegalidade, como supõe a acusação;

3)Não tenho qualquer responsabilidade em relação aos fatos objeto da ação judicial e isso será provado em juízo novamente, pois cumpro com minhas atribuições parlamentares rigorosamente.

Aos amigos e às amigas da luta diária e incansável pelo bem do nosso Estado, reafirmo a tranquilidade de quem confia na justiça, ciente de que este mal entendido (que me associarem à investigação em curso) será reparado brevemente.

Natal, 8 de agosto de 2018.

_NELTER LULA DE QUEIROZ SANTOS_
_Deputado Estadual (MDB/RN)_

A Câmara de Jucurutu retoma as sessões ordinárias nesta terça-feira (07), a partir das 16:00 no plenário vereador Augusto Queiroz, após um período de recesso. As sessões também serão transmitidas ao vivo através do facebook da Casa do Povo, abrindo espaço para um número maior de pessoas participarem das discussões do Legislativo municipal.

Com base nas normativas do Regimento Interno, mesmo em período de recesso os vereadores estiveram atentos às demandas do município. As atividades administrativas, assim como a realização de reuniões ocorreram normalmente durante o mês de julho.

A presidente da Câmara Paula Torres destacou a importância do momento já que serão retomadas as cobranças para as melhorias do município, fiscalizando o erário público e destacando projetos de desenvolvimento do município.

Via Cardoso Silva