Jucurutu/RN, 20 de junho de 2019


Arquivo Mês: outubro 2018

O vereador do Rubinho teve acesso a um ofício encaminhando pela IDIARN (Instituto de Desfesa e Inspeção Agropecuária do RN) ao município de ajucurutu onde o mesmo interdita o Parque Manoelzinho Pereira por não se adequar às normas do instituto, foi fornecido o prazo de um ano ao município para que pudesse tomar todas as medidas necessárias mas as mesmas não foram providenciadas.

O Vereador Rubinho prestar sua solidariedade a todos os amantes desse esporte chamado vaquejada, esporte esse que tem grandes raizes culturais na nossa cidade e região, e também ao homem do campo que foi o prepussor  desse esporte.

Vereador Rubens fez um apelo ao senhor prefeito sobre a situação e também expôs toda sua indignação ele também cobrará incansavelmente a regularização do parque para que os amantes desse esporte possam ter seu lugar de divertimento novamente.

Mudança automática em alguns aparelhos ocorreu na madrugada deste domingo (21). Horário de verão começa no dia 4 de novembro.

Clientes de operadoras de celular relataram nas redes sociais que o relógio de seus aparelhos foi adiantado de forma automática para o horário de verão na madrugada deste domingo (21) provocando confusão. Os relatos são de usuários da Vivo e da Claro. A mudança só vai ocorrer no dia 4 de novembro.

Não foi a primeira vez que o erro aconteceu este ano. Na segunda-feira (15), usuários da TIM também reclamaram da mudança automática do horário em seus aparelhos. A operadora confirmou o problema, mas não informou o número de clientes afetados.

O começo do horário de verão foi alterado três vezes esse ano. Geralmente com início em outubro, o horário de verão foi levado para novembro atendendo a um pedido do TSE por conta das eleições.

Porém, a data escolhida – 4 de novembro – coincidia com o 1º dia de provas do Enem, o que fez o MEC solicitar um novo adiamento. O governo chegou a alterar o início para dia 18, mas depois voltou atrás.

Horário de verão

Em 2018, a duração do horário de verão foi reduzida. No seu início, os relógios devem ser adiantados em uma hora.

Já a data final para o horário de verão foi mantida para o terceiro domingo de fevereiro de 2019. Os relógios deverão ser atrasados em uma hora às 23h59 de sábado, dia 16.

Atualmente, adotam o horário de verão os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal.

Economia de energia

O horário de verão tem sido adotado no Brasil desde a década de 30, com alguns intervalos. Nos últimos dez anos, segundo o governo federal, a medida possibilitou uma redução média de 4,5% na demanda por energia no horário de maior consumo e uma economia absoluta de 0,5%.

 

Após dizer que não vai mais pagar os servidores do município de Jucurutu, conforme vinha pagando, obedecendo a lei do plano de cagos e salários, deixando os servidores sem saber quanto irão receber de salários a partir desse mês, o prefeito Valdir Medeiros se jogou no na campanha de Carlos Eduardo Alves, candidato a governador do RN.

Em vídeo veiculado na propaganda eleitoral do candidato a governador Breno Queiroga no primeiro turno, Valdir Medeiros criticou Carlos Eduardo, a quem chamou de oligarquia.

Agora o prefeito de Jucurutu está no palanque de Carlos Eduardo engulindo o que disse no primeiro turno, quando afirmou que Breno Queiroga ia derrotar as oligarquias do RN.

Valdir além de engolir seu discurso, estando hoje no palanque dos Alves, mostra mais uma vez sua já concedida incoerência no que fala.

Revoltada pelo fracasso das urnas em Jucurutu, onde seu candidato Ezequiel Ferreira obteve apenas 1.159 votos em Jucururu, levando uma surra de votos de Nelter Queiroz (que foi votado por 7.170 eleitores, sendo a maior votação entre todas as eleicões para deputado estadual em sua cidade) a blogueira que “advoga” nas redes socais para o presidente da Assembleia Legislativa, está atirando pra todo lado, bem ao seu estilo que é uma caracterista forte sua que o povo já conhece.

O grupo que deu apoio a Ezequiel em Jucurutu esperava ao menos da 2 mil votos, o que não aconteceu e por não ter acontecido, a blogueira que mente, que ataca, que joga seu veneno, e xinga, quando é desmascarada a altura de seus ataques se faz de vítima. A tática dela é atacar no Facebook, ataques virtuais, se escondendo por trás de um celular.

O prefeito de Jucurutu, Valdir Medeiros disse nesta terca-feira (16), após audiência pública que vai cancelar o plano de cargos dos funcionários de Jucurutu alegando falta de recursos para manter o pagamento.

Valdir afirmou que vai comunicar o Ministério Público e o Tribunal de Contas dessa decisão e que vai decidir com sua assessoria como vai fazer isso.

O comunicado foi feito pelo prefeito depois da audiência que houve com os servidores na quadra de esporte do centro da cidade.

Em meio ao assunto alguns funcionários gritaram greve, greve, greve. Diante dessa atitude do prefeito os funcionários se mostraram decepcionados e vão se mobilizar.

Assista o vídeo:

 

O SINDJUC por meio de suas atribuições legais, CONVOCA TODOS OS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS e aos demais interessados a participarem de assembleia geral extraordinária, na qual serão tratados assuntos de relevante interesse para a categoria.

A assembleia acontecerá na próxima segunda-feira, dia 15 de outubro, às 7:30hs na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, no Centro de Jucurutu.

Via Danilo Evaristo

O povo atesta: Nelter Queiroz é o verdadeiro representante da região Seridó, tendo sido o deputado estadual mais votado nos 24 municípios da região, na eleição que aconteceu no último domingo (07).

Foram mais de 24 mil votos confiados a Nelter em todo Seridó. Queiroz ficou na primeira colocação com uma vantagem de mais de 7 mil votos à frente de Vivaldo Costa, que foi o segundo deputado estadual mais votado na região.

Via Danilo Evaristo

MOÇÃO DE REPÚDIO N° 001/2018

09 de outubro de 2018

Os Vereadores que abaixo subscrevem, solicitam que após ouvido o Soberano Plenário desta Casa Legislativa, Requeremos a Vossa Excelência submeter esta Moção ao Plenário e, se aprovado, determinar a Secretaria desta Casa o seguinte expediente:
Mediante o comentário proferido pelo senhor José Pedro, vice-prefeito de Jucurutu, no último dia 08/10/2018, durante participação no programa Jucurutu Notícias, dizendo que “a prefeitura trabalha para sustentar 4% da população, os servidores efetivos”, manifestamos nosso total repúdio à infeliz declaração feita por tal figura pública contra tão valorosa categoria profissional, que é a dos funcionários do município de Jucurutu – categoria essa que, embora em outra cidade, ele faz parte. Por essa razão, nos solidarizamos com os servidores públicos municipais e reconhecemos o valor e o papel essencial e destacado que exercem no dia a dia, na prestação de serviços de qualidade à população, mesmo diante das dificuldades que enfrentam para desempenharem suas atividades.
Sala das Sessões da Câmara Municipal de Jucurutu-RN, 09 de outubro de 2018

___________________________________________
Ver. Paula Mércia Medeiros de Souza Tôrres
Presidente da Câmara Municipal de Jucurutu

______________________________________
Willame Lopes de Araújo
Vice-Presidente

______________________________ ___________________________________
Ver. Fagner Bezerra de Brito Ver. Edivan Fernandes da Costa
1º Secretário 2º Secretário

Vereador Rubens Batista

 

O SINDJUC vem por meio dessa nota REPUDIAR veementemente as declarações do Sr. José Pedro, Vice-prefeito de Jucurutu, proferidas no programa de rádio “Jucurutu Notícias”, na edição de hoje.

O Sr. José Pedro declarou que atualmente “o município trabalha para 4 por centro da população, os servidores efetivos de Jucurutu”.

Entendemos o contexto de crise atualmente existente que aflige nosso município, contudo, não será JOGANDO A CULPA NOS SERVIDORES que os problemas serão resolvidos.

Sr. Vice-Prefeito José Pedro, não queira transferir para os servidores a grande parte da culpa da IMOBILIDADE, FALTA DE AÇÕES EFETIVAS EM PROL DA POPULAÇÃO, e muitas das vezes, da INCOMPETÊNCIA DA GESTÃO NA QUAL O SENHOR FAZ PARTE.

Vice-Prefeito José Pedro, pelo visto, o senhor esqueceu de dizer que esses quatro por cento são aqueles SERVEM A POPULAÇÃO DIARIAMENTE, SEM AS CONDIÇÕES ADEQUADAS DE TRABALHO, TENDO DIREITOS REITERADAMENTE RETIRADOS e, por que por RESPEITO A POPULAÇÃO, NUNCA DEIXOU DE SERVI-LA, mesmo com a SUA GESTÃO, muitas das vezes, não fornecendo os meios para tal.

A justificativa de que o plano de cargos está imobilizando as ações do município é repetida, Sr. Vice-Prefeito José Pedro, a pelo menos DOIS ANOS! E nesse tempo, A SUA GESTÃO AINDA NÃO CONSEGUIU NOS APRESENTAR NENHUMA SOLUÇÃO para essa problemática – a não ser a retirada de direitos dos servidores.

Em NENHUM MOMENTO, A SUA GESTÃO, Sr. Vice-Prefeito José Pedro, nos trouxe UMA PROPOSTA. NENHUMA QUE FOSSE! EMPURROU O PROBLEMA!

Não foi por falta de aviso! Não nos venha com esse discurso de vitima, Sr. Vice-Prefeito José Pedro.

O Vice-Prefeito José Pedro falou na sua participação no programa de rádio “Jucurutu Notícias”, na edição de hoje, que “seu desejo é começar a trabalhar em prol de Jucurutu”.

Pelo visto, nos últimos dois anos, isso o senhor não fez.

Não coloque as questões salarias dos servidores – que precisam ser discutidos, sim – como justificativa para as conhecidas INCAPACIDADES DA SUA GESTÃO. E podemos sugerir que o senhor comece pelos seus colegas GARIS – se é que o senhor ainda os vê assim. Mesmo com um Vice-Prefeito da mesma categoria, eles sequer tem os equipamentos básicos de trabalho.

Não jogue a população contra os servidores. Não foi POR FALTA DE AVISO que essa problemática não se resolveu.

Sr. Vice-Prefeito José Pedro: o senhor deveria AGRADECER a esse “quatro por cento da população”, poi é ela que AINDA FAZ A SUA PERICLITANTE E MAL GERIDA GESTÃO ainda prestar os serviços públicos a nossa população.

Reiteramos que os servidores públicos de Jucurutu não são perfeitos: possuem defeitos, erros que precisam ser corrigidos. A classe trabalhadora precisa fazer sua “mea culpa”, mas NÃO PODE TER SEUS DIREITOS SENDO USADOS COMO JUSTIFICATIVA ÚNICA DOS PROBLEMAS DO MUNICÍPIO.

Então, Sr. Vice-Prefeito José Pedro, faça a SUA “mea culpa” e da sua gestão ANTES de ir aos meios de comunicação CULPAR os direitos dos servidores do município, de todos os problemas atuais.

Sem mais,

Direção Executiva do Sindicato dos Servidores Municipais de Jucurutu

Por Luiz Felipe Barbiéri, G1 – Brasília

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) aceitou nesta terça-feira (2) denúncia contra o presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), por corrupção passiva.

Com isso, será aberta uma ação penal e o político responderá na condição de réu. O recebimento da denúncia não significa que a Corte considera o deputado culpado.

Segundo a acusação, no ano de 2009, ele recebeu R$ 300 mil para interceder junto aos demais deputados da Assembleia Legislativa em favor da aprovação de um projeto que dispunha sobre o programa de inspeção veicular e manutenção de veículos em uso no Estado do Rio Grande do Norte.

Em nota, a defesa de Ezequiel Ferreira afirmou que o recebimento da denúncia em processos é considerado algo comum pelo meio jurídico, mas considerou que há fragilidade do conjunto de provas que acompanha a acusação.

“A defesa apenas estranhou a temporalidade atual – em razão do período eleitoral – o que causou estranheza e indignação aos que acompanham o processo, configurando suspeita de motivação política. A defesa acredita que na confirmação da verdade dos fatos e inocência que será confirmada em julgamento”, afirmou na nota.

Embora o foro para julgamento de deputados estaduais não seja o STF, o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte enviou o caso à Corte, porque mais da metade do desembargadores se declararam impedidos para julgar o processo.

Votaram pelo recebimento da denúncia os ministros Luiz Fux (relator), Marco Aurélio Mello, Rosa Weber e Luís Roberto Barroso. O ministro e presidente da Turma, Alexandre de Moraes, não participou do julgamento.

Para Fux, há elementos documentais que justificam a abertura da ação penal para a continuidade das investigações.

“Sobretudo no que se refere a efetiva percepção de vantagem indevida pelo denunciado tendo em vista a existência de extratos bancários que sinalizam a sinalização de pagamentos”, disse o relator.

Em evento realizado em Jucurutu, coordenado por Romualdo Teixeira – líder estudantil e representante do partido AVANTE -, Karla Veruska, candidata a deputada federal, levou sua mensagem e propostas na noite do último domingo (30/09) a um público formado por cerca de 200 pessoas. Pablo Cassiano, ex-secretário de Esporte de Jucurutu, esteve na reunião.