Jucurutu/RN, 18 de abril de 2019

Na tarde dessa quinta feira (14) a Polícia Militar da cidade de Jucurutu, que tem o Capitão Henrique como comandante, apreendeu cerca de 1kg de maconha em uma residência.

Militares de Rádio Patrulha e GTO cumpriram mandado de busca e apreensão em desfavor de Moisés e Patrícia, sua esposa. Ambos conseguiriam fugir do cerco policial.

Além da considerável quantidade de droga apreendida, a polícia apreendeu também uma arma de fogo. Não foi repassado o calibre da Espingarda ao blog Jair Sampaio.

O professor Saulo convida a toda população jucurutuense para prestigiar o lançamento da revista JUCURUTU UMA HISTÓRIA EM CONSTRUÇÃO.

O mesmo comunica que haverá várias apresentações de artistas da terra e da banda filarmônica, como também que aqueles que doarem 1k de alimento terão um exemplar da revista de graça, sendo essa arrecadação doada aos vicentinos onde os mesmo encaminharam para famílias carentes.

 

14 de junho de 2018 07:45

Era uma vez um cidadão que dirigia uma ambulância da prefeitura pelas estradas de Jucurutu e no percurso mostrava aos pacientes os problemas do município e ao mesmo tempo apontava as soluções para os mesmos.

Hoje a história mudou: aquele servidor público, que tinha soluções para os problemas da cidade tem o poder de resolver todos eles, porém já se vão um ano e meio de administração e nada funciona.

Ele tornou-se prefeito pela vontade popular, no entanto não tem dado retorno a confiança dada pelo povo em nenhuma área de sua gestão e amarga uma das maiores rejeições entre os gestores municipais do Seridó.

O prefeito tem evitado participar de eventos públicos temendo cobranças do povo.

Em contato com o blog do Virgínio Braz, um eleitor do prefeito de Jucurutu, que não quer ser identificado, faz um relato em tom de desabafo:

“Onde está aquele Valdir que prometeu trabalhar em favor dos mais necessitados na assistência social, buscar empregos para os desempregados e promover cursos para capacitar as pessoas?

Por onde anda aquele servidor que defendia tanto seus colegas e que até sugeriu o pagamento de incentivo aos servidores com graduações, quando foi discutido o plano de cargos, carreiras e salários dos funcionários na gestão passada?

Infelizmente jamais imaginei, mas perdi meu voto, pois hoje a população conhece um outro Valdir.

Um Valdir prefeito que se esconde dos problemas e do povo.

Um Valdir prefeito que não dar atenção a quem esteve ao seu lado em sua campanha vitoriosa, mas valoriza e abraça adversários.

Um homem sério, mas frio, sem ação e de coração duro, que está cansado de dar um não a pedidos de pessoas humildades, com total frieza.

Esse homem é o atual prefeito de Jucurutu, que apesar de ter residência na cidade, ninguém ver ele”.

Pleito aconteceu no dia 3 de junho passado, depois que a prefeita e a vice da cidade foram cassadas. Decisão cabe recurso ao TSE.

As eleições suplementares do município de São José do Campestre, no interior do Rio Grande do Norte, foram invalidadas pelo Tribunal Regional Eleitoral nesta terça-feira (12). O motivo é o indeferimento da candidatura de Eribaldo Lima (PHS), que compunha como vice-prefeito a chapa que venceu a votação ocorrida no dia 3 de junho passado.
O argumento defendido pelos desembargadores do TRE é de que Eribaldo não se filiou ao Partido Humanista da Solidariedade (PHS) até o período mínimo de seis meses antes da ocorrência do pleito, exigido pela lei. A Corte Eleitoral potiguar decidiu à unanimidade pelo indeferimento.
De acordo com a assessoria de comunicação do TRE, cabe recurso à decisão junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A assessoria, no entanto, não soube informar se e quando haverá novas eleições na cidade.
O vencedor das eleições suplementares para o cargo de prefeito foi Joseilson Borges da Costa (MDB), conhecido por Neném Borges. Ele já ocupava o posto interinamente, desde que a prefeita anterior foi cassada, pois era o presidente da Câmara Municipal. Com o indeferimento da candidatura do vice, a chapa inteira foi invalidada. Eles assumiriam o Poder Executivo de São José do Campestre no próximo dia 28 de junho.
Cassação

Os diplomas da prefeita e a vice-prefeita da cidade de São José do Campestre foram cassados em abril. Maria Alda Romão Soares e Eliza Assis de Oliveira Borges responderam a processo por captação ilícita de votos e abuso de poder econômico. O município conta com 9.446 eleitores aptos a votar.

Via G1/RN

Na próxima quarta (13/06), a partir das 13h, ocorrerá nova etapa do Projeto Câmara Cidadã, em parceria com o ITEP de Caicó, na sede da Câmara Municipal. Os participantes poderão comparecer pela manhã para retirarem a ficha de participação e assim o serviço ser mais cômodo para todos.

Na ocasião, será feita a emissão das carteiras de identidades para cidadãos que haviam sido cadastrados anteriormente, além de outros que não compareceram em etapas anteriores, para emissão de 2ª e 3ª vias.

Todos devem comparecer ao local portando documentos pessoais originais (RG, CPF, 2 fotos 3×4, fundo branco e certidão original), especialmente a Certidão original de nascimento ou casamento, pois o ITEP exige a apresentação desses documentos para poderem receber as identidades.

A Câmara Cidadã segue promovendo cidadania e ampliando o serviço para a população de Jucurutu, segundo a presidente da Câmara, Paula Torres: “esse projeto que muito nos orgulha vem sendo promovido nesta Casa em várias oportunidades, sempre buscando facilitar a vida dos nossos conterrâneos, e dessa vez o ITEP aumentar o número de carteiras emitidas e com isso cerca de 200 pessoas serão beneficiadas”, destaca a parlamentar.

Nesta etapa, conforme estabelecido pelo ITEP, participarão seguintes cidadãos:
ORD NOME
1. ALFREDO BESERRA DE ARAUJO
2. AMERICO SOARES
3. ANA DA CONCEICAO SILVA
4. ANA MARTINS TRINDADE DE OLIVEIRA
5. ANTONIA BARBOSA DA SILVA
6. ANTONIA DUTRA SILVA
7. ANTONIA LUCINA BATALHA
8. ANTONIA LUZIA DA SILVA
9. ANTONIA MARIA DE ARAUJO
10. ANTONIA NERY DA SILVA
11. ANTONIA NETA DE ARAUJO SILVA
12. ANTONIO ARAUJO DA SILVA
13. ANTONIO BATISTA DE ARAUJO
14. ANTONIO BENEDITO DA SILVA
15. ANTONIO BEZERRA DA SILVA
16. ANTONIO DA SILVA DOS SANTOS
17. ANTONIO FELICIANO DE SOUZA
18. ANTONIO FIRMINO DA SILVA
19. ANTONIO IDELFONCO
20. ANTONIO PEREIRA DA SILVA
21. ANUNCIADA EUGENIA DA SILVA
22. ARISTEA DOMINGA DE ARAUJO
23. AZENILDA VALE DE ARAUJO
24. CELSO OLIVEIRA DA SILVA
25. CICERO MANOEL DOS SANTOS
26. CICERO PEREIRA
27. CLEMIDIA RODRIGUES DE SOUZA
28. CREUZA MARIA JOSE
29. DALVANI MARIA DA CONCEICAO
30. DAMIANA ALMEIDA DA CONCEICAO
31. DAMIANA DA SILVA
32. DAMIAO COSME DE MORAIS
33. DAVINA ANGELA DA SILVA
34. EDIMAR RIBEIRO ALMEIDA
35. EDIMILSON NASCIMENTO DA SILVA
36. EDMAR SOARES PINHEIRO
37. ELIAS FERREIRA DA SILVA
38. ELINETE ATANAZIO DA CONCEICAO BEZERRA
39. ESPEDITA FERREIRA DUTRA
40. EXPEDITO DA SILVA
41. FRANCINETE BEZERRA DE ARAUJO
42. FRANCISCA ALVES DA SILVA SOUZA
43. FRANCISCA CANDIDA DE SOUZA
44. FRANCISCA DAS CHAGAS DE MEDEIROS MORAIS
45. FRANCISCA FELICIANA DE SOUZA
46. FRANCISCA FRANCINA DA SILVA
47. FRANCISCA MARIA DA SILVA
48. FRANCISCA MARIA DA SILVA
49. FRANCISCA MOURA DA SILVA
50. FRANCISCA PEREIRA DA SILVA
51. FRANCISCA PEREIRA DE BRITO
52. FRANCISCA PEREIRA SILVA
53. FRANCISCO ALVES DE SOUZA
54. FRANCISCO ANTONIO DOS SANTOS
55. FRANCISCO FERNANDES DA SILVA
56. FRANCISCO GOMES DE ARAUJO
57. FRANCISCO MARCOLINO DA SILVA
58. FRANCISCO PEDRO DA SILVA
59. FRANCISCO PEREIRA DA SILVA
60. FRANCISCO SOARES GOMES
61. GAUDENCIO ARAUJO DA SILVA
62. GENEZIO BENEDITO DE ARAUJO
63. GENEZIO MANOEL DE MEDEIROS
64. GERALDA SOARES DE BRITO
65. GERALDA SOARES DOS SANTOS
66. HELENA IRENE DA SILVA LIMA
67. HELENA LOPES DE ARAUJO
68. HELENA PEREIRA DA SILVA
69. INACIA ALVES DA SILVA
70. INACIO TEIXEIRA DE SOUZA
71. IRENE BATISTA DE OLIVEIRA VICENTE
72. IRENE DA SILVA MOURA
73. JACY FIRMINA DA SILVA
74. JOANA BATISTA DE MEDEIROS
75. JOAO BATISTA DE ARAUJO
76. JOAO LOPES DA SILVA
77. JOAO VIEIRA
78. JOAQUIM LIMA DOS SANTOS
79. JOAQUINA FRANCISCA GUIMARAES
80. JOSE ALVES DA SILVA
81. JOSE AUGUSTO DOS SANTOS
82. JOSE DINIZ DE ALMEIDA
83. JOSE ESTEVAM FILHO
84. JOSE FRANCISCO DA SILVA
85. JOSE JULIAO FILHO
86. JOSE LUCAS FILHO
87. JOSE PEDRO ALVES
88. JOSE PEDRO NETO
89. JOSE VENANCIO DA SILVA
90. JOSEFA SEVERINA DA SILVA
91. JOSIAS FLORENCIO DE LIMA
92. JOSIBIAS SOARES DE ARAUJO
93. JULIA FRANCISCA DA SILVA
94. JULIO AVELINO DE BRITO
95. JUSTINO GOMES DE OLIVEIRA
96. JUVENAL PEIXOTO DE OLIVEIRA
97. LIDIA SOARES COSTA
98. LINDALVA BATISTA DA SILVA
99. LIZETE MARIA DA CONCEICAO SILVA
100. LOURIVAL LUCIANO DOS SANTOS
101. LUIZ FELICIANO DA SILVA
102. LUIZA MARIA DA CRUZ
103. MANOEL CICERO FILHO
104. MANOEL FERREIRA
105. MANOEL OLIVAL DA SILVA ROCHA
106. MARCINA ORCINA DE ARAUJO
107. MARIA ALEXANDRE DA SILVA
108. MARIA ALVES LOPES
109. MARIA ANAILDE MENEZES DA COSTA
110. MARIA ANGELINA AMARO VIEIRA
111. MARIA APARECIDA SILVA AMANCIO
112. MARIA BEZERRA AVELINO DE BRITO
113. MARIA CAMILA DE SALES
114. MARIA CELINA DA SILVA
115. MARIA CICERA DE OLIVEIRA
116. MARIA DA CONCEICAO DE FREITAS
117. MARIA DA GUIA DE SOUZA
118. MARIA DAS DORES
119. MARIA DAS GRACAS
120. MARIA DAS GRACAS DA CONCEICAO
121. MARIA DAS GRACAS DA SILVA ARAUJO
122. MARIA DAS GRACAS DE FREITAS
123. MARIA DAS GRACAS PEREIRA
124. MARIA DAS GRACAS PINHEIRO LOPES
125. MARIA DE FATIMA ARAUJO DE OLIVEIRA
126. MARIA DE FATIMA DE ARAUJO
127. MARIA DE FATIMA PEREIRA DA SILVA
128. MARIA DO SOCORRO ALVES
129. MARIA DO SOCORRO GOMES DE SOUSA
130. MARIA DOS ANJOS DAS CHAGAS PEREIRA
131. MARIA ELOI PEREIRA DA SILVA
132. MARIA ELOIA BEZERRA
133. MARIA ELZA TEIXEIRA
134. MARIA FERNANDES DE MEDEIROS
135. MARIA FERREIRA DA SILVA
136. MARIA FLORENCIO DE MENDONCA
137. MARIA FRANCELINA DA CRUZ SILVA
138. MARIA FRANCISCA DE OLIVEIRA ARAUJO
139. MARIA GORETTE DOS SANTOS PATROCINIO
140. MARIA JOSE DE ARAUJO PEREIRA
141. MARIA JUSTINIANA DOS SANTOS
142. MARIA LIBANIA DA SILVA
143. MARIA NILBA ESTEVAM DA SILVA
144. MARIA PEREIRA DA SILVA
145. MARIA PEREIRA DA SILVA
146. MARIA RITA DA CONCEICAO SILVA
147. MARIA ROSANA DA SILVA
148. MARIA SALETE DE SOUZA FREITAS
149. MARIA SANTANA DOS SANTOS
150. MARIA SANTINA DA SILVA OLIVEIRA
151. MARIA SEGUNDA DOMINGOS BATALHA
152. MARINETE MARIA DA CONCEICAO
153. MARTINHA MARIA DUARTE
154. MAURIZA CAMPANHA DE OLIVEIRA SILVA
155. NELCINO FIRMINO
156. NEUZA MARIA DE ARAUJO SILVA
157. NEUZA PEREIRA DA SILVA
158. PEDRO ALVES DA SILVA
159. PEDRO BARBOSA
160. PEDRO BATISTA DA SILVA
161. PEDRO FELICIANO SOBRINHO
162. RAIMUNDA AFONSO DE VASCONCELOS
163. RAIMUNDA ISABEL SOARES DA SILVA
164. RAIMUNDO LOPES DA SILVA
165. RAIMUNDO MARINHEIRO DE SOUZA
166. RAIMUNDO NONATO DE SOUZA
167. RAIMUNDO PEIXOTO
168. RAIMUNDO PINHEIRO DA SILVA
169. RENATO HONORATO DOS SANTOS
170. RENATO LUIZ DE MOURA
171. RITA AMARO DOS SANTOS
172. RITA DA SILVA
173. RITA FRANCISCA PEREIRA DA SILVA
174. RITA LIDIA DA CONCEICAO
175. RITA MARIA DA CONCEICAO SILVA
176. RITA SEVERA DOS SANTOS SILVA
177. SEBASTIANA FRANCISCA DA SILVA ARAUJO
178. SEBASTIANA SANTOS DE MEDEIROS
179. SEBASTIAO ASSIS DE BRITO
180. SEBASTIAO COSTA
181. SEBASTIAO DUARTE
182. SEBASTIAO FRANCISCO DE MOURA
183. SEBASTIAO LUCIANO CAMPELO
184. SEBASTIAO ROQUE PEREIRA
185. SEVERIANA BEZERRA DANTAS
186. SEVERINA LUCILIA DA SILVA
187. TEREZINHA AUGUSTA DE SOUZA
188. TEREZINHA MARQUES DA SILVA
189. TEREZINHA RODRIGUES FERNANDES DA SILVA
190. VALDEMIRO FAUSTINO DA SILVA
191. VICENTE ALEXANDRE DA SILVA
192. VICENTE DOMINGOS DA SILVA
193. VICENTE PEREIRA DA SILVA
194. ZILDA LINDALVA ALEXANDRE DA SILVA

Esse era o assunto nas conversas políticas mais comentado da segunda-feira (11), em Jucurutu.

Toda uma estrutura foi pensada e montada por aliados para recepcionar o deputado estadual Ezequiel Ferreira em Jucurutu neste último fim de semana, onde o parlamentar iria visitar entre outros locais a barragem de Oiticica, para alardear que ‘fez muito por Jucurutu ao longo dos últimos 4 anos’.

Mas para a grande surpresa, Ezequiel deixou seus aliados esperando, algo que eles não esperavam, por isso ficaram totalmente no vácuo.

Uma poderosa festa regada à pratos luxuosos estava à espera do homem que preside a Assembleia Legislativa, na Serra de João do Vale no evento dos jipeiros, mas todos os preparativos e a expectativa formada “boiaram”.

“De toda forma ficaria feio. Se ele viesse era feio, ele não veio e ficou feio. Ruim mesmo foi para quem gastou dinheiro com a recepção. A presença dele iria gerar críticas da própria população, já que a última vez que ele esteve em Jucurutu foi em 2014, quando veio pedir votos”, contou um espião que ouviu os comentários negativos disfarçadamente circulando pela Serra de João do Vale.

O espião que ouviu os comentários e sentiu neles o sentimento de decepção pela ausência de Ezequiel, até pra fotos pousou com aliados do deputado na Serra.

Caso aconteceu na tarde deste domingo (10) no município de Governador Dix-Sept Rosado.

Um preso de justiça do semiaberto que usava tornozeleira eletrônica foi morto durante troca de tiros com a Polícia Militar na tarde deste domingo (10), no município de Governador Dix-Sept Rosado, no Oeste potiguar. Elano Camilo Correia de Morais, de 28 anos, era conhecido por ostentar em redes sociais com carros, motos e dinheiro.
De acordo com a PM, um carro da polícia seguia na RN-117 fazendo um patrulhamento de rotina, quando percebeu um veículo em atitude suspeita entrando em uma estrada de barro. Foi então que os policiais seguiram o carro e abordaram os ocupantes, que disseram estar indo para uma festa em uma casa nas proximidades da região.
Chegando no local do evento, a PM percebeu que algumas pessoas estavam fugindo pelos fundos da casa. Os policiais foram atrás dos suspeitos, quando alguém atirou contra os PMs, que revidaram.
Na troca de tiros, Elano Camilo foi baleado na região abdominal, socorrido para o hospital de Governador Dix-Sept Rosado, mas não resistiu. Segundo a PM, outros suspeitos podem ter sido feridos, mas não deram entrada em nenhuma unidade de saúde da região.
Elano Camilo respondia processos na Justiça por receptação, furto e roubo. Além disso, era investigado por participação em outros crimes. Ele era conhecido por ostentar nas redes sociais, através de fotos em carros e motos de luxo e até com maços de dinheiro.

Via G1/RN

Especialista afirma que mais da metade do preço pago pelos produtos têxteis importados corresponde a impostos.

Fabricadas no continente asiático, as camisas oficiais de jogo da seleção brasileira chegam ao território nacional ao custo máximo de US$ 20 (cerca de R$ 75), valor que é 500% superior aos aproximadamente US$ 121 (R$ 450) cobrados pelo modelo mais caro comercializado nas lojas do país.

As informações foram reveladas por um levantamento feito pela especializada em comércio exterior Razac Trading com base em dados obtidos junto à Receita Federal.

O diretor de gestão da Razac, Dan Turkieniez, conta que os uniformes amarelo e azul de jogo e as camisas de treinos chegam ao Brasil importados da Indonésia e da Tailândia.

“O preço de entrada dos modelos varia de US$ 5 a US$ 20”, afirma ele, que confirma a versão amarela como a mais cara.

Carga tributária

O especialista em direito tributário do SAZ advogados, Rodrigo Salerno, atribui a diferença entre o valor de chegada ao Brasil e o das lojas à alta carga tributária de impostos brasileira.

“Além da importação, existe taxa alfandegaria, a taxa do porto, o custo da importação e o tributo da importação só para trazer a mercadoria. Na hora em que eu internalizo o produto, vai existir o ICMS sobre a venda, PIS, Cofins e ainda o lucro do revendedor”, explica ele.

“Se eu comprar uma camisa oficial do Brasil hoje, vou pagar R$ 450. Se eu conseguisse retirar a cadeia de tributação, provavelmente pagaria, no máximo, R$ 220 pelo mesmo produto”, avalia Salerno.

A análise de Salerno é a mesma feita pelo professor de direito tributário do CEU Law School Edison Carlos Fernandes, que garante mais da metade do valor do produto destinado ao pagamento de impostos.

Fernandes lembra ainda que o Brasil cobra 35%, maior alíquota de imposto permitida pela OMC (Organização Mundial do Comércio), somente na importação dos produtos.

“O setor têxtil aplica a maior alíquota permitida pela OMC como uma forma de proteger a indústria nacional”.

Procurada pelo R7, a Nike, fornecedora oficial dos produtos da seleção brasileira, não retornou o contato até o fechamento desta reportagem.

O levantamento da Razac Trading aponta ainda para uma disparada superior a 3.000% na quantidade de camisas da seleção brasileira que chegaram ao Brasil entre os meses de janeiro e abril deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado.

Enquanto nos quatro primeiros meses do ano passado foram importadas 8.791 unidades de camisas da seleção, o número saltou para 293.362 no mesmo período deste ano. “Somente em janeiro deste ano, chegaram ao Brasil mais de 30 mil camisas, o que é três vezes mais do que em todo o ano passado”, afirma Turkieniez.

Via R7

Pesquisa sobre a eleição presidencial de 2018 tem margem de erro de 2 pontos percentuais para mais ou para menos. Instituto ouviu 2.824 eleitores de 174 municípios entre 6 e 7 de junho.

Uma pesquisa do Instituto Datafolha foi divulgada neste domingo (10) pelo jornal “Folha de S.Paulo” com índices de intenção de voto para a eleição presidencial de 2018. Foram feitas 2.824 entrevistas entre 6 e 7 de junho, em 174 municípios. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Veja os resultados dos 4 cenários pesquisados no 1º turno:

Cenário 1 (Se Lula for candidato)

  • Lula (PT): 30%
  • Jair Bolsonaro (PSL): 17%
  • Marina Silva (Rede): 10%
  • Geraldo Alckmin (PSDB): 6%
  • Ciro Gomes (PDT): 6%
  • Alvaro Dias (Podemos): 4%
  • Manuela D’Ávila (PC do B): oscila entre 1% e 2%
  • Rodrigo Maia (DEM): oscila entre 1% e 2%
  • Aldo Rebelo (SDD): oscila entre 0% e 1%
  • Fernando Collor de Mello (PTC): oscila entre 0% e 1%
  • Flávio Rocha (PRB): oscila entre 0% e 1%
  • Guilherme Afif Domingos (PSD): oscila entre 0% e 1%
  • Guilherme Boulos (PSOL): oscila entre 0% e 1%
  • Henrique Meirelles (MDB): oscila entre 0% e 1%
  • João Amoêdo (Novo): oscila entre 0% e 1%
  • João Goulart Filho (PPL): oscila entre 0% e 1%
  • Josué Alencar (PR): oscila entre 0% e 1%
  • Levy Fidelix (PRTB): oscila entre 0% e 1%
  • Paulo Rabello de Castro (PSC): não alcança 1% em nenhum cenário
  • Sem candidato: 21%

Via G1

 

Prefeitura diz que motivo é atraso em montagem de arena para apresentação.

O Concurso Estadual Tradicional do Mossoró Cidade Junina, no Rio Grande do Norte, que ocorreria neste final de semana, terá nova data. As quadrilhas se apresentarão nos dias 23 e 24 de junho, conforme programação definida com os grupos. Segundo a prefeitura da cidade, houve atraso na montagem da arena pela empresa que realiza o serviço e, por precaução, foi definido o adiamento.
“Estamos organizando os detalhes finais para que as quadrilhas possam se apresentar em um espaço adequado, montado especialmente para os grupos abrilhantarem a programação do Mossoró Cidade Junina”, afirma Eduardo Falcão, secretário de Cultura.
Com a mudança, o Festival de Quadrilhas começa na próxima sexta-feira (15), com o Concurso Estadual Estilizado, que acontece paralelamente ao Tradicional. No próximo final de semana serão 16 grupos divididos entre sexta (15) e sábado (16). A final ocorre no domingo (17). A quadrilha vencedora vai representar o Rio Grande do Norte no campeonato regional.

Via G1/RN

Ex-procuradora-geral da Casa, Rita das Mercês contou ao Ministério Público como o esquema acontecia.

Os presidentes da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte usaram os cargos da Casa para comprar apoio dos deputados estaduais em votações de interesse próprio. O esquema teria acontecido entre 2006 e 2015. Isso é o que diz a ex-procuradora-geral da Casa, Rita das Mercês Reinaldo, que fechou acordo de delação premiada com o Ministério Público e deverá repetir as mesmas informações em depoimento à Justiça, marcado para o fim deste mês. O G1 teve acesso à delação nesta semana.
O acordo de delação foi fechado em decorrência da Operação Dama de Espadas, deflagrada pelo Ministério Público em agosto de 2015. A investigação abrange as administrações do deputado Ricardo Motta e também do governador Robinson Faria, quando eles estavam na presidência da Casa Legislativa do Estado.
O G1 procurou o advogado de Robinson Faria, mas não conseguiu contato. No entanto, a assessoria de Comunicação do Governo do Estado enviou nota, em que diz que “O Governo do RN não irá se pronunciar sobre temas relacionados à operação Dama de Espadas, por se tratar de assunto já explicado à exaustão ao longo dos últimos três anos, de âmbito pessoal e anterior ao cargo de governador”
Os advogados de Ricardo Motta disseram que o deputado vai se manifestar nos autos do processo, e que “a delação não trouxe nenhum elemento novo de prova e que será comprovado que não houve nenhum dos fatos ali narrados e que a simples palavra do colaborador deve ser provada de forma cabal e não apenas por presunção”.
A delação foi homologada pelo ministro Edson Fachin, e o processo corre no Supremo Tribunal Federal (STF), porque há investigados que têm foro privilegiado.
Em seu depoimento, Rita das Mercês afirmou que todos os deputados sabiam do esquema. “O esquema, todos os deputados sabiam de como era a questão dos laranjas, dos fantasmas, porque isso é público e notório diante da Assembleia que o gabinete, que é mínimo, não cabe 60, 70 pessoas indicadas pelo deputado”, declarou.

Além de deputados, segundo a ex-procuradora, cargos foram ocupados por indicação de desembargadores do Tribunal de Justiça do RN, conselheiros do Tribunal de Contas, ex-governadores, deputados federais e senadores, além de prefeitos e vereadores de Natal e de cidades do interior, que também se beneficiariam financeiramente.
A maior parte dos cargos ficava com os deputados estaduais em exercício. “Geralmente, quando tinha uma votação de interesse do presidente, as vezes do Executivo, alguns deputados negociavam não eram nem cargos, eram valores que eram distribuídos em cargos. O deputado dizia: eu preciso de mais R$ 30 mil. Então esses R$ 30 mil eram distribuídos em cargos comissionados, gratificações”, afirmou Rita das Mercês.
De acordo com Rita, as vagas pertenciam à estrutura organizacional da Assembleia e eram negociadas pelo presidente de acordo com a “necessidade”. “Com Robinson aconteceu várias vezes, essas negociações. Tanto na reeleição quanto nas aprovações de projeto de lei. Mas aparecia mais essas negociações quando da reeleição do cargo para presidente. Ele foi presidente quatro vezes”, ressaltou. “Sempre que havia eleição para presidente, era uma nova negociação com os deputados”.
Ainda conforme a delação de Rita das Mercês, após as nomeações dos servidores ela recebia as informações para alimentar uma planilha com os nomes dos “fantasmas” e quem os tinha indicado. Em alguns casos, porém, ela afirma que não era possível saber quem era o autor da indicação. A planilha foi entregue pela delatora aos procuradores do Ministério Público.
“A coordenadoria de Recursos Humanos fazia os atos, as portarias, e depois ela me informava, porque o presidente, quando necessitava saber quanto um deputado tinha… Por exemplo, o deputado fulano de tal exigia mais dinheiro. Ai o presidente precisava saber quanto o deputado já tinha em folha. A gente tinha que informar”, disse.
Judiciário na delação

Nas planilhas de Rita das Mercês não constam nomes apenas de deputados. Desembargadores do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, magistrados que ocupam o mais alto cargo do judiciário estadual, também estariam envolvidos na indicação de servidores fantasmas do Poder Legislativo. Em contrapartida, deputados também indicavam pessoas para cargos no Judiciário, de acordo com a delatora.

Pelo menos oito dos 15 desembargadores ativos e dois aposentados contavam com cargos no Legislativo. Conforme Rita das Mercês, parte dos servidores indicados pelos magistrados trabalhava no Legislativo. Outros não. Questionada pelo MP sobre o motivo dessas indicações, Rita afirmou que acreditava ser para manter um “bom relacionamento com os representantes do Poder Judiciário do Estado”.
Deputados com cargos na Justiça

Da mesma forma que desembargadores teriam feito pedidos aos deputados para inclusão de pessoas ligadas a eles na folha de pessoal da Assembleia, parlamentares teriam feito indicações para cargos no Tribunal de Justiça. A delatora afirmou que ouviu falar de indicações de deputados, mas confirmou apenas uma de que tinha conhecimento.
De acordo com Rita, ela indicou uma neta por sugestão do deputado Ricardo Motta (PSB). Porém, houve uma condição: metade do salário ficaria com o próprio deputado. “Ele chegou na minha sala, disse que tinha um cargo e se eu tinha alguém para indicar, por que ele não tinha de nível superior. E eu falei que tinha uma neta e indiquei. Ele disse que a metade do salário era dele”, disse aos investigadores.

Via G1/RN

O novo Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa) divulgado pelo Ministério da Saúde, nesta quinta-feira (7), indicou que, respectivamente, os municípios de Jucurutu, Acari, São Rafael e Caicó são o segundo, terceiro, décimo quinto e vigésimo oitavo no país com risco de surto para dengue, zika e chikungunya, doenças causadas pelo mosquito Aedes aegypti.

No levantamento realizado por 5.191 municípios brasileiros, Jucurutu apresentou índice de infestação de 24,8; Acari 23,5; São Rafael 19,1; Caicó 17,7; isto esclarecendo que o índice considerado normal ou satisfatório na escala do Ministério da Saúde – onde os municípios não correm risco de surto – é inferior a 1, ao passo que os municípios com índices superiores a 4 são os lugares com maior risco.

O LIRAa é um instrumento fundamental para o controle do Aedes e das doenças causadas por este vetor. Mais detalhes sobre o Levantamento e o ranking completo dos municípios estão disponíveis no http://portalms.saude.gov.br/noticias/agencia-saude/43454-brasil-pode-ter-aumento-de-casos-de-dengue-zika-e-chikungunya.

Em contato com blog Virginio Braz o ex-vereador Márcio Soares enviou uma resposta ao comentário da blogueira Emanuela Galvão sobre sua pessoa sendo ela o seguinte:

Lembro que o prefeito Valdir Medeiros foi eleitor de Dr Luciano, Júnior Queiroz, George Queiroz e também do deputado Nelter Queiroz.

Mas o ex-vereador sempre foi eleitor e  nunca fui boca de aluguel como ela está sendo da Assembleia Legislativa e da prefeitura Municipal de Jucurutu.

Ele está fora da política mas disse ao blog que se cutacar sai mais.

Acidente aconteceu por volta da meia-noite desta sexta-feira (8). Cerca de 30 pessoas ficaram feridas sem gravidade, segundo o Corpo de Bombeiros.

RIO GRANDE DO NORTE

Parte de camarote desaba durante show de Xand Avião no Mossoró Cidade Junina
Acidente aconteceu por volta da meia-noite desta sexta-feira (8). Cerca de 30 pessoas ficaram feridas sem gravidade, segundo o Corpo de Bombeiros.

Por G1 RN

08/06/2018 06h28  Atualizado há menos de 1 minuto

Parte de camarote do Mossoró Cidade Junina desaba na primeira noite de festa (Foto: Hugo Andrade/Inter TV Costa Branca )

Parte de um camarote do Mossoró Cidade Junina desabou na primeira noite da festa. O acidente aconteceu por volta da meia-noite desta sexta-feira (8) durante a apresentação de Xand Avião na Estação das Artes. Cerca de 30 pessoas ficaram feridas sem gravidade, segundo o Corpo de Bombeiros.
De acordo com a Polícia Militar, com e dasabamento da estrutura, várias pessoas ficaram presas nas grades e foram socorridas com ferimentos leves pelo Corpo de Bombeiros e pela própria PM. Para ajudar no resgate, foram retiradas as grades laterais do camarote para facilitar a saída de quem estava dentro. Algumas pessoas foram encaminhadas imobilizadas para hospitais da cidade.
Ao ser comunicado do desabamento, o cantor Xand interrompeu a apresentação até a situação ser controlada.
Segundo o Corpo de Bombeiros, o camarote havia passado por vistoria e estava liberado para receber até 980 pessoas. A investigação terá início nesta manhã de sexta (8) e a principal suspeita é de que tenha ocorrido uma sobrecarga na estrutura ou em parte dela.
Em nota, a Prefeitura de Mossoró lamentou o acidente ocorrido e disse ter acionado os órgãos fiscalizadores para apuração das causas do desabamento de parte da estrutura. Além disso, a nota diz que a prefeitura não tem responsabilidade sobre a montagem e exploração do camarote privado, mas vai exigir da empresa responsável explicações e providências que garantam a segurança e evitem qualquer possibilidade de risco desta estrutura particular no evento.
O Mossoró Cidade Junina é o maior e mais tradicional evento de São João do Rio Grande do Norte. Entre as suas principais atrações estão o “Pingo da Mei Dia”, que abre os festejos, o espetáculo “Chuva de Bala no País de Mossoró” e as apresentações musicais na “Estação das Artes”.
Neste ano, o evento teve início no último sábado (2) e segue até o dia 30 de junho.

ViaG1 G1/RN

Situação lastimável .